quinta-feira, dezembro 18, 2008

Conversas do Messenger II

Amorim diz:
limpas te esse rabo felpudo?
Amorim diz:
estilo garfield estrezicado?

Gabriel Francisco diz:
sim
Amorim diz:
magricelas e sombrio de quem mia no telhado numa noite de inverno
Gabriel Francisco diz:
pentiei os pintelhos do cu e tudo
Amorim diz:
assanhado por qq gata que passe na rua ao abrigo das telhas
Gabriel Francisco diz:
ohboy
Gabriel Francisco diz:
juízo
Amorim diz:
em busca de um recanto onde possa pernoitar abrigado e aconchegado
Amorim diz:
e onde possa fazer a sua higiene dérmica
Amorim diz:
sem que nenhum entruso os escorraçe
Amorim diz:
sem motivo aparente para o fazer
Gabriel Francisco diz:
boy
Gabriel Francisco diz:
estás a abusar
Gabriel Francisco diz:

Amorim diz:
só porque se lembra de dar meia duzia de miadelas solitárias
Gabriel Francisco diz:
estou a entrar em depressão
Amorim diz:
numa noite de inverno
Amorim diz:
por entre chuviscos e trovões
Amorim diz:
espreitando as janelas dos lares
Amorim diz:
vendo familias reunidas ao aconchego de uma lareira que exorbita calor
Gabriel Francisco diz:
.... porque tod`a tormenta tem um fim!
Gabriel Francisco diz:
basta!
Gabriel Francisco diz:
basta de lacúnias!
Amorim diz:
e tu ali com um olhar pobre e sem sentido
Gabriel Francisco diz:
não me gastes as lamúrias!
Amorim diz:
procurando a felicidade nas ruas
Gabriel Francisco diz:
seu boemia desgraçado...
Gabriel Francisco diz:
vadio e sombrio
Amorim diz:
talvez um pequeno rato te alegre
Gabriel Francisco diz:
que trazes no peito uma vida sem jeito
Gabriel Francisco diz:
basta... para arreta.. antes que te espete uma seta
Amorim diz:
ou talvez te sirva o jantar ainda meio cru
Amorim diz:
jazido numa valeta qualquer
Amorim diz:
ensopado em agua
Amorim diz:
agreste
Gabriel Francisco diz:
ainda meio cru?
Gabriel Francisco diz:
e tu.. aquela seta, era no meio do teu cu
Gabriel Francisco diz:
trazes baba ferrugenta a cair-te nos queixos...
Amorim diz:
a expirar semen por todos os poros à espera que chegue a epoca de procriação
Amorim diz:
talvez para fevereiro, pensas tu
Gabriel Francisco diz:
era bom que fosses antes, anseias tu
Gabriel Francisco diz:
comovido por entre movimentos solitários que te denunciam ao mundo da crueldade!
Gabriel Francisco diz:
sê homem!
Amorim diz:
a viver tempos de um bom selvagem citadino
Gabriel Francisco diz:
sê um pouco mais oh seu corpo morto ambulante
Gabriel Francisco diz:
apenas nutrido por um gás sem sentido
Amorim diz:
a confundir rebeldia com marginalidade pela pura sobrevivencia
Gabriel Francisco diz:
o que tu queres...
Amorim diz:
chassus
Gabriel Francisco diz:
tens aí dentro
Gabriel Francisco diz:
é puro gaseamento
Amorim diz:
isto era um post à maneira
Gabriel Francisco diz:
nada mais te faz mover
Gabriel Francisco diz:
por isso para....
Gabriel Francisco diz:
respira o teu ser
Gabriel Francisco diz:
mas cuidado...
Gabriel Francisco diz:
pode fazer-te morrer

2 Comentários:

Às sexta-feira, dezembro 19, 2008 12:13:00 da tarde , Blogger Gabriel disse...

"Amorim diz:
a expirar semen por todos os poros à espera que chegue a epoca de procriação
Amorim diz:
talvez para fevereiro, pensas tu
Gabriel Francisco diz:
era bom que fosses antes, anseias tu"


Do best... as nossas conversas sempre foram grandes conversas :) E vão desde o axincalhamento a tudo o resto...
pura conversa
puro amigo :)

Puro Abraço

 
Às sexta-feira, dezembro 19, 2008 7:46:00 da tarde , Blogger Arcuense disse...

chassus... andas com inspiração divina...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial