quarta-feira, agosto 01, 2007

Tempo Suspenso

Para pensar... :)

imagem: Salvador Dali, The Persistance of Memory

Lamentamos o que perdemos, porque não sabemos amar o que temos. Por mais sinceros que sejamos, perdemos porque mentimos.
Mentimos ao nosso próprio sentimento. Mentimos a cada vez que fugimos de nós. Mentimos quando sacrificamos a verdade, a mentira, seja o que for, seja quem for. Mentimos a cada vez que sacrificamos por algo menor. E o que é menor? O que são os “pormaiores”? A arte de viver é, não mais, que saber perder por algo maior.
É então que surge o dilema. Não um, não este… não esse. O dilema, aquele como qualquer outro. Seguir em frente? Dar um passo atrás? Ficar… ? A verdade é que há momentos em que procuramos a verdade, e pouco nos diz. Simplesmente porque somos fracos o bastante para amarmos o presente. Apenas quando tudo se torna passado, aí sim, sabemos amar no verdadeiro sentido da palavra. No presente… isso, é outra coisa.
Lamentável é quando se dá ao tempo as funções do sentimento. O tempo como curandeiro de tudo e mais alguma coisa… como se pudéssemos nós ficar de braços cruzados à espera que o tempo nos resolva os nossos problemas, nos envolva de novos prazeres… nos devolva em outros dilemas.
O tempo não é mais do que fazemos dele. De que vale adicionar um minuto à vida se não acrescentarmos a esse minuto um pouco de vida?
Somos tão cobardes… perdemos, lamentamos e choramos. Mas não fazemos a mínima ideia do que temos, do que somos para os outros… do que são para nós e de tudo o que somos para nós mesmos.
Pena é quando perdemos com inconsciência… como se nada pudesse desaparecer dos nossos horizontes. E, então, enquanto se dá ao tempo essa missão de “passar o tempo”, voltamos com o olhar de outrora e…
... pfffff… foi-se.
Tarde demais!? …

3 Comentários:

Às quinta-feira, agosto 02, 2007 9:58:00 da tarde , Anonymous O Charmoso disse...

Tirando isso oiço dizer que ha pessoal que anda cheio de trabalho e que nao tem parado!..vê-se!:):):):):)

 
Às quinta-feira, agosto 02, 2007 10:27:00 da tarde , Blogger Gabriel disse...

Há coisas que não precisam de muito tempo meu amigo de longo tempo... :)

 
Às domingo, agosto 12, 2007 3:35:00 da manhã , Anonymous karlix disse...

n sei cm é k conseguiste expressar exactamente aquilo que sinto...tou simplesmente extasiada...

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial